O experimento que provou: qualquer país pode criar uma arma nuclear

Você tem, por exemplo, 10 anos de sobra? Então você provavelmente poderia projetar uma arma nuclear funcional. Isso é o que indica uma experiência um tanto estranha, realizada na década de 1960 pelo governo dos Estados Unidos.

original

Na década de 1960, com a Segunda Guerra Mundial finalizada a algum tempo, os Estados Unidos e a União Soviética ainda estavam em um longo conflito: a Guerra Fria. Ambos os países estavam nervosos, sabendo que cada um tinha projetado e construído armas nucleares. Pelo menos, no entanto, eram os únicos dois países que poderiam controlá-las. Mas quanto tempo levaria até o próximo país construir uma arma? Isto preparou o palco para uma estranha experiência, conduzida pelos Estados Unidos.

Os Estados Unidos foram o primeiro país a desenvolver armas nucleares. A União Soviética foi o segundo. Qual país seria o próximo? Não havia dados disponíveis sobre a ideia ainda. O desenvolvimento da bomba atômica dos Estados Unidos aconteceu em circunstâncias extraordinárias – incluindo a de não saber se a ideia era mesmo possível. A União Soviética não falava sobre como eles chegaram a sua bomba – embora naquela época os EUA sabiam que havia espiões russos no Projeto Manhattan.

O experimento americano foi feito para estimar qual a probabilidade de qualquer outro país chegar ao mesmo processo.

Em 1964, os EUA escolheram três jovens estudantes de física que já tinham doutorados, mas sem qualquer formação específica sobre armas. Eles receberam um salário, uma equipe de suporte básico e toda a informação disponível ao público sobre armas nucleares, e tiveram que (tentar) projetar uma bomba nuclear.

Os Estados Unidos queriam saber se um pequeno número de pessoas brilhantes, com motivação suficiente e o conhecimento de que tais bombas são possíveis poderia apresentar o projeto certo.

Ninguém teve que esperar muito tempo. Em 1967, os doutores apresentaram aos funcionários do experimento um projeto que todos os envolvidos concordaram: era uma bomba atômica funcional. Com uma equipe maior, ou um pouco mais de experimentação, não levaria muito tempo para algo que já era letal se aperfeiçoar. [HypeScience] 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: